Homens com estilo: as barbearias regressaram em força

Waves of Beauty - Barbearias

Mais ou menos aparadas, as barbas voltaram e as barbearias reinventaram-se. São hoje verdadeiros clubes masculinos que capturam a atmosfera das antigas barbearias e a traduzem numa linguagem moderna, oferecendo novos serviços e experiências. A Tom sobre Tom passou “a pente fino” os espaços que se distinguem pelos seus conceitos inovadores.

Longe vão os tempos em que a preocu­pação com a aparência era uma questão atribuída exclusivamente ao universo feminino. Cada vez mais, os homens inves­tem tempo e dinheiro em cuidados com a beleza e dão provas que o segmento masculino é um sector com potencial: por ano, gastam cerca de 61,3 biliões de dóla­res com a sua imagem e sabe-se que, nos últimos cinco anos, as vendas de produ­tos para homens cresceram aproximada­mente 70%*, revelando-se consumidores fiéis de produtos de styling.

 

Barbière Lisboa

A frequência e a lealdade com que se entregam aos cui­dados profissionais fazem parte do perfil do homem actual e expressam o poten­cial deste mercado em ascensão: a cada 4 semanas os homens visitam uma barbearia e quando encontram o estilo adequado, são fiéis ao mesmo. Também a moda da barba – milimetricamente aparada ou ligeramente mais comprida –, celebrizada por ícones do cinema, da música e do futebol, veio dar um novo fôlego a uma indústria em vias de extinção. Nos últimos tempos, foram muitas as barbearias que surgiram ou renasceram para os tempos modernos, disponibilizando novos serviços e personi­ficando conceitos originais e urbanos.

«BARBER POLE»: AQUI HÁ BARBEARIA

A tendência é mundial e Portugal não ficou de fora. Pelas ruas, as «barber poles» – os icónicos sinais espiralado com listas azuis, brancas e vermelhas – indicam-nos que estamos na presença de (mais uma) barbearia.

Barbearia Maison Nuno Gama

Barbearia Maison Nuno Gama

“Com o regresso à ribalta das barbas e dos cortes de cabelo bastante curtos reapareceu entre os consumidores a necessidade de encontrarem especialis­tas no domínio da arte das lâminas e nava­lhas. Assistimos também a uma tendência em regressar às origens e resgatar hábitos e negócios que estavam a cair em desuso”, explica Ricardo Santos, responsável pela Barbearia Maison Nuno Gama. Localizada no Príncipe Real, a Maison Nuno Gama é um espaço contemporâneo com uma oferta global que inclui, além das colec­ções do estilista Nuno Gama, um atelier de alfaiataria, uma sapataria e ainda uma barbearia, que surgiu “pela necessidade de agrupar no mesmo espaço uma série de serviços que respondam às exigências do cliente-tipo deste espaço”.

RECUPERAR A TRADIÇÃO

Em alguns casos a inspiração está a milha­res de quilómetros, numa das mais emble­máticas barbearias do mundo, a Schorem. A Figaro’s Barbershop Lisboa, eleita por David Beckham como “uma das melho­res do mundo”, é a manifestação clara do espírito desta barbearia holandesa.

Barbearia Oliveira

Nou­tros casos, como a Barbearia Oliveira em Alfama, a inspiração é 100% portuguesa e procura recuperar a memória das antigas tradições, imprimindo-lhes o ritmo das exigências do homem contemporâneo. Segundo Bruno Oliveira, o barbeiro que deu uma nova roupagem a este espaço funciona como barbearia desde 1879, “o objectivo é fazer prevalecer o espírito de uma barbearia de bairro”. É por isso que aqui o chão é em calçada portuguesa, o chapéu de coco e o colete fazem parte da indumentária dos barbeiros e a decoração inclui objectos como afiadores de lâminas e frascos de alumínio onde se guardava o pó de talco.

 

Barbearia Oliveira | Bruno Oliveira

Barbearia Oliveira | Bruno Oliveira

Na Gent’s Barbershop, gerida por Arthur Heiderick, a tradição também não foi esquecida, embora tenha sido fun­dida com um ambiente mais moderno e urbano. Conhecido como “o barbeiro dos jogadores”, Arthur Heiderick tem um desa­fio acrescido, já que este é lugar de paragem de dezenas de jogadores de futebol, verdadeiros trendsetters de hairstyling.

Gents Barbershop |Artur

Gents Barbershop | Arthur

 

REFÚGIOS MASCULINOS

Para dar resposta às exigências do homem actual, a função tradicional da barbearia reajustou-se a um conceito mais alargado, dando lugar a um espaço de convívio onde os homens podem não só cuidar da aparên­cia, mas também usufruir de momentos de lazer e descontração. Na Barbearia Maison Nuno Gama “o cliente pode cuidar do visual dos pés à cabeça e usufruir do serviço de alfaiataria, sapataria e cuidados faciais”, esclarece Ricardo Santos.

Ricardo Santos - Barbearia Maison Nuno Gama

Barbearia Maison Nuno Gama | Ricardo Santos

 

UM MENU PARA TODOS OS GOSTOS

No menu, corte com tesoura, hairdesign, design de barbas, coloração/descoloração e o mais pedido, o serviço de barba com toalhas quentes, são serviços transversais a todas as barbearias, embora muitas delas incluam também tratamentos de estética. E, seja qual for o escolhido, todos se iniciam de forma semelhante: “Um bom diagnóstico é fundamental para enten­der as necessidades e expectativas do cliente“, refere Ricardo Santos. Só depois, é tempo de pegar nos instrumentos de corte. A maior parte, opta pelo menu barba+cabelo, mas há também quem goste de arriscar no momento do pedido, conta Arthur Heiderick. “O cantar brasileiro Mc Bin Laden pediu-me que lhe fizesse colo­ração com dois tons e rapasse o cabelo, deixando apenas o topo para estilizar o penteado”. Já Bruno Oliveira relembra o dia em que lhe pediram para esculpir uma barba “como se tivesse cornucópias”.

Gent’s Barbershop

 

PREMIAR A CRIATIVIDADE

É verdade que o cliente do século XXI gosta de ousar e quando o assunto é hairstyling masculino, a criatividade não tem limites. Foi para colocar à prova a originalidade dos barbeiros que nasceu o American Crew All­-Star Challenge, uma das mais conceituadas competições anuais que procura premiar os melhores hairstylists do mundo, que este ano levou Paulo Soares a representar Portu­gal na final mundial.

 

Barber FAMA Hairstylist | Marcos Moraes

Barber FAMA Hairstylist | Marcos Moraes

Em território português, foi criado em 2015, o Challenge CACP Barber Shop, que segue agora para a segunda edição. “Achámos que o Challenge CACP Bar­ber Shop seria uma mais valia para a nova geração de barbeiros. É uma oportunidade de mostrarem o seu profissionalismo e força de vontade”, refere João Semedo, Presidente do Clube Artístico dos Cabeleireiros de Portugal, a entidade responsável pelo concurso. A primeira edição con­tou com o apoio de American Crew e superou as expectativas, com 44 concorrentes.

Marcos Moraes, da Barber FAMA Hairstylist – um espaço moderno que celebra o espírito american style – foi eleito o grande ven­cedor, distinguindo-se nas quatro categorias do concurso. “Vencer este concurso foi muito importante a nível profissional. Estou há 16 anos no mercado do hairstyling masculino e esta vitória ajudou-me a ganhar notoriedade”, confessa Marcos Moraes. Dedicação, seriedade e espírito de superação constante estiveram na base desta conquista.

 

AS ESCOLHAS DAS BARBEARIAS

A Tom sobre Tom foi conhecer as marcas de produtos presentes nas barbearias dos nossos entrevistados, bem como os produtos que conquistaram um maior número de cliente e se tornam estrelas em cada um dos espaços.

  • Dear Beard

Na Gent’s Barbershop e na Barbiere Lisboa, a marca rainha é Dear Beard, um ritual de beleza para barba, rosto, corpo, cabelo e couro cabeludo, representada em Portugal pela Pluricosmética. “Apesar de ser uma marca relativamente recente no mercado, temos recebido um excelente feedback por parte dos clientes. O óleo hidra­tante para a barba de Dear Beard é o nosso produto­-estrela”, afirma Arthur Heiderick, da Gent’s Barbershop. Na Barbiere Lisboa, o bálsamo para a barba dá “o toque final” a todos os serviços.

  • Antiga Barbearia do Bairro, Reuzel e American Crew

Na Barbearia Oliveira dominam as marcas Antiga Barbearia de Bairro – uma marca 100% portuguesa que procura recuperar os aromas e os utensílios de uma barbearia tradicional –, Reuzel – marca especialista em ceras e pomadas e American Crew, a marca masculina que integra uma linha completa de cuidados: hair & body care, styling, colour e shave e é patrocinadora dos concursos de hairstyling masculino.

  • Paul Mitchell®

Na Barbearia Maison Nuno Gama, Paul Mitchell® é a eleita: “A qualidade dos produtos é excelente e além disso tem uma componente social e ambiental com a qual nos identificamos. Especialmente a linha Tea Tree, que é a preferida dos nossos clientes”, remata Ricardo Santos.

  • El Patrón

Na Barber FAMA Hairstylist, a marca escolhida por Marcos Moraes é a El Patrón, uma marca de produtos com fórmulas inovadoras para cabelo e pele, pensada para elevar o estilo masculino.