«Um corte como o da Carrie Bradshaw, por favor»

Série «Sexo e a Cidade»

Graças à influência cada vez maior das trendsetters – sejam actrizes, cantoras, modelos, bloggers ou editoras de moda e beleza -, a consumidora actual nunca esteve tão informada e actualizada sobre o que é tendência. Mas se por um lado é nestas celebridades que se inspiram, por outro é no salão que, através das mãos experientes dos hairstylists, conseguem o look mais it da estação. Esta nova realidade, aliada ao facto de a cliente valorizar cada vez mais o aconselhamento profissional, abre as portas de um admirável mundo novo de oportunidades para potenciar o negócio no salão.

EL_1_16_T2_SALON_VLADA_01_290

Consumidora da Geração Y: Novos desafios para os profissionais

Nascida depois de 1980, esta mulher não só é leitora assídua de revistas de moda e lifestyle, como encontra na Internet uma fonte inesgotável de informação que alimenta o seu desejo pelo novo. Num mundo que muda ao segundo, ela actualiza-se ao minuto: através das redes sociais – Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest para referir apenas as mais populares -, dos blogues de moda e beleza – verdadeiros trendsetters -, das transmissões em directo das semanas de moda. E nem precisa de estar à frente do computador: basta-lhe tirar o telemóvel ou o tablet da carteira para transformar o mundo no seu bairro.
O cinema e as séries de televisão também são importantes fontes de inspiração. A consumidora tem a oportunidade de se identificar com personagens que se afirmam pelo seu estilo, associado a uma certa forma de ser e de estar. Um exemplo inesquecível foi o fenómeno “O Sexo e a Cidade”: uma série que ditou tendências e influenciou mulheres um pouco por todo o mundo.
Não é, por isso, uma surpresa que a cliente entre no salão com uma bagagem de conhecimento sobre o que é tendência e sobre os produtos e serviços disponíveis no mercado. Também pode trazer consigo o desejo de adaptar a imagem de uma determinada celebridade, na qual se revê.
Para responder às necessidades desta cliente, o hairstylist tem de estar em actualização constante. Mais do que isto: tem de estar em cima do acontecimento. Como fazê-lo? Através das acções de formação proporcionadas pelas marcas, essenciais para conhecer as tendências e os serviços e produtos que lhes estão associados. Igualmente importante é estar atento ao que se passa online.
A boa notícia é que se este trabalho for feito, abre-se um mundo de possibilidades. Afinal, a cliente que adere à tendência vai à procura de um serviço e, para manter os resultados desejados em casa, vai adquirir produtos e ferramentas de tratamento e styling – uma cadeia de necessidades que acrescenta valor às várias vertentes do negócio no salão.