Conheça Célia Ferreira, o novo rosto da formação da Alfaparf Portugal

Célia Ferreira é a nova directora técnica da Alfaparf Group Portugal. Apaixonada pela profissão há 25 anos, foi o mundo da moda, ao lado de Miguel Viana, que a conquistou em primeiro lugar.  Os desafios da Formação surgiam mais tarde, mas traçaram a sua carreira profissional na qual tem vividos momentos de vitória, reconhecimento, mas também de muita aprendizagem.

 

 

Fascinada pelo poder da partilha, pela contribuição para a evolução dos profissionais e, sobretudo pela oportunidade de estar constantemente em progresso e desenvolvimento, Célia Ferreira tem vindo a trilhar o mundo da formação, com experiências quer nacionais, quer internacionais.  No início deste ano foi surpreendida com um convite especial…

Como foi receber o convite da Alfaparf Group para assumir a direcção técnica da equipa de educação em Portugal?

Fiquei feliz com a proposta! Pois gosto muito da marca, dos seus produtos e sinto que a Alfaparf tem um grande potencial de crescimento. Estou a abraçar este projeto com muito entusiasmo.

Quais as skills que considera que irão permitir responder melhor a este desafio?

A experiência adquirida ao longo destes anos é certamente uma mais valia. Para além disso é muito importante dominar a metodologia e todo o conhecimento que define a Alfaparf Milano, bem como a capacidade de contagiar positivamente as pessoas e acompanhá-las nos seus desafios e evolução profissional.

O que é que mais mudou ao longo dos anos na formação e enquanto formadora?

O aspecto que eu destaco é a proximidade que se criou entre os profissionais. No passado não existia tanta partilha de conhecimento. Hoje em dia o formador tem uma forma de estar mais construtiva e generosa, através da partilha constante. Muitas vezes encontrando uma forma mais lúdica de transmitir conhecimento.

Para a Célia, que impacto teve e está a ter a digitalização na profissão de formadora?

A oferta da formação no mundo digital veio reduzir a distância entre os profissionais e contribuir para uma maior partilha. Chegamos mais facilmente a um maior número de pessoas e permite ao profissional evoluir ao seu ritmo. Acabamos por estar mais conectados com os nossos clientes, com um acesso rápido e “confortável” a todo o tipo de conteúdos. Num momento como este por exemplo, permite a proximidade e a continuação de partilha educativa.

Sendo este um sector tão exigente, até pela sua ligação à moda e às tendências, como é que se mantém actualizada?

Tento estar sempre atenta às tendências do mercado. São o motor da nossa profissão. Inspiro-me nos profissionais e tendências que tento seguir nas redes sociais, acompanhando os seus trabalhos. Além disso, faço formação com eles sempre que possível. É importante que não esqueçamos que actualmente o consumidor final está muito mais atento, actualizado e informado.

Concorda que o Formador é um “embaixador” da sua marca no terreno? O que mais contribui para esta designação?

Concordo, porque ser embaixador de uma marca é vestir a camisola a 100%, é adorar a profissão e ser um agente activo na partilha (seja ela de práticas, técnicas, ou simplesmente das potencialidades dos produtos). É apaixonar os outros profissionais e cativá-los para nos seguirem.

Enquanto formadora do Mood Hairdressing, já teve experiências internacionais. O que é que traz dessa experiência para este novo desafio?

Sem dúvida que o contacto com o mundo internacional nos abre horizontes para novas formas de estar e trabalhar com o cliente. Da experiência internacional como formadora destaco ainda as novas aptidões que adquirimos, para ajudar a desenvolver o nosso negócio, com uma variedade ampla de ferramentas, com o intuito de chegar a um nível premium de profissionalismo.

Que papel atribui à formação para a “liberdade criativa” que a Alfaparf Milano reconhece aos cabeleireiros/hairstylists?

A formação tem um papel de extrema importância para permitir aos profissionais poderem dominar o conhecimento teórico e prático, que lhes dará muito mais segurança para trabalhar a vertente criativa, que tão bem define os profissionais de cabeleireiro/ hairstylists.

 

 

Assume-se uma apaixonada por coloração, uma paixão partilhada pela Alfaparf Milano.  Como olha para o projecto Officina del Colore e o que representa para um salão que tenha este “selo”?

Ser um salão Officina del Colore é ser um espaço credenciado com todas as aptidões para trabalhar com o nosso produto técnico. É um programa formativo muito completo, que oferece as skills necessárias ao profissional para colocar em prática a sua vertente criativa.

O que procuram os profissionais hoje em dia?

Procuram técnicas actuais, que correspondam às expectativas dos consumidores, pois são hoje em dia o motor da evolução do mercado, por estarem cada vez mais informados e saberem muito bem aquilo que querem.

A especialização é uma tendência?

Num mundo global, a especialização é um caminho a seguir para quem se quer diferenciar e ser exclusivo, tornando-se naturalmente expert numa determinada área.

Como é que a Alfaparf Group responde às actuais necessidades dos profissionais?

Os dois grandes pilares que a definem como a marca italiana nº 1 no sector profissional de cabeleireiros:  produtos novos, exclusivos e de alta qualidade e uma formação de excelência. Este é o nosso segredo! Além disso estamos conscientes de que tendo uma resposta ampla em termos de formação, os nossos clientes sairão mais preparados e acompanhados para o mercado, para as novas exigências e necessidades dos consumidores.

O que se pode esperar da oferta formativa da Alfaparf Milano para 2021?

Tendo em consideração a situação em que nos encontramos, iremos reforçar a nossa aposta nas plataformas digitais, apresentar novos conteúdos formativos e reforçar também a nossa equipa de educação, pois queremos estar cada vez mais próximos dos nossos clientes. Este ano ainda poderão contar com formação em Lisboa e no Porto com a Academia Rizos. Para a Alfaparf Group a educação é a chave de sucesso.

Quais vão ser os temas em destaque e o que é que a vai tornar verdadeiramente diferenciadora?

Vamos ter formações com novos conteúdos, formações de Cut & Styling, Balayage trends, formações de Styling (com uma vertente de moda, visagismo, brides), diagnóstico e tratamentos, … Além disto, continuaremos com as nossas formações habituais de Collection, produto, área digital e motivacional.

Além da conexão facilitada com os profissionais, que importância assume aqui a formação online?

A formação online facilita e consolida todo o processo de conhecimento e aprendizagem. Nas formações online os profissionais podem contactar os nossos formadores para esclarecimento de dúvidas e troca de ideias. E, caso existam dúvidas, podem consultar quando quiserem o conteúdo formativo, que, no caso da Alfaparf Group, estará disponível na nova plataforma educativa.

O que considera que a formação online deve obrigatoriamente ter para ser relevante?

Conteúdos de qualidade, inovadores e fáceis de chegar aos profissionais. Por isso a nossa ambição é ter um programa formativo com uma grande amplitude de conteúdos, quer sejam na área técnica, corte, styling, colometria, produto, mas também de tendências e gestão emocional.

Como é que a Alfaparf Group se tem vindo a “profissionalizar” neste registo? Que ferramentas digitais vão ser utilizadas?

Criamos uma nova plataforma onde podemos ter acesso a vários conteúdos educativos, temos também os nossos Webinars na plataforma Microsoft Teams e lives no grupo privado do Facebook Alfaparf Milano Portugal Online Seminar.

Sente que os profissionais estão mais preparados para aderir? O que mais contribuiu para este processo de digitalização dos profissionais?

Sinto que hoje os profissionais estão mais preparados, sim. Até porque o mundo actual assim o exige e a situação que vivemos veio ainda acelerar mais este processo.

Como já referiu, este ano a Academia Rizos marcará presença nas formações da Alfaparf Group. O que espera da experiência? O plano de formação contempla mais algum hairstylist da estrutura internacional?

A presença da Academia Rizos irá trazer-nos, com toda a certeza, inovação, conhecimentos, outra cultura e outras experiências. Em relação a à vinda de outro hairstylist internacional, sim, tenho em mente ainda a vinda de outro profissional, mas iremos guardar segredo…

Garantidas todas as condições de segurança, que eventos e outras iniciativas a Alfaparf Group “não abdica” da sua realização presencial e por quê?

Estão previstas algumas formações e eventos presenciais que a seu tempo iremos comunicar, porque, como empresa responsável que somos, a segurança dos nossos clientes está em primeiro lugar. Temos o nosso Meeting previsto para o mês de Novembro no entanto, iremos esperar para ver se existe a possibilidade de se realizar. Todo este tipo de acções é importante para a Alfaparf porque, em primeiro lugar, faz parte do ADN da Alfaparf Group, por outro, porque consideramos que todos os nossos clientes são também parte desta grande família.

A direcção técnica que assumiu estende-se à marca Yellow Portugal. Como é que caracteriza a marca?

A Yellow é uma marca jovem, dinâmica e que se caracteriza sobretudo por dois factores distintos: é compacta em relação ao número de produtos e tem uma óptima relação qualidade-preço. Trabalhamos e existimos para um cliente que procura soluções rápidas, sem custos elevados e com a máxima performance no seu salão.

A que objectivos se propõem para 2021?

Prevemos que 2021 seja de crescimento para a marca, com novos lançamentos e com uma equipa interna – neste momento com mais três pessoas, duas delas também recém-chegadas à marca -, que dará o seu melhor para abraçar todos os desafios, ajudando os nossos clientes na obtenção do máximo (e melhor!) conhecimento. Com esse objectivo, este ano iremos apostar mais uma vez nas formações, focando-nos no corte, cor, styling e haircare.

Para fechar, o que é que idealiza para esta experiência, como directora técnica da Alfaparf Group? Que grandes objectivos pessoais traçou para esta “missão”?

A minha missão é ajudar a marca a chegar junto de mais profissionais, com formações actuais e de qualidade, que permitam a cada profissional elevar os seus conhecimentos a um patamar superior e que isto se possa reflectir nos resultados do seu dia-a-dia. Por outro lado, queremos ser uma marca que dita novas tendências e inspira diariamente os profissionais do nosso país. Pessoalmente, para mim é importante evoluir todos os dias, para me sentir 100% realizada.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Artigos Relacionados